o livro prefácio agradecimentos exemplo como adquirir

http://www.klausdegeus.com.br
k l a u s @ d e g e u s . c o m . b r


vendo o invisível

Hebreus 11:27-30

27 Pela fé saiu do Egito, não temendo a ira do rei, e perseverou, porque via aquele que é invisível.

28 Pela fé celebrou a Páscoa e fez a aspersão do sangue, para que o destruidor não tocasse nos fihos mais velhos dos israelitas.

29 Pela fé o povo atravessou o mar Vermelho como em terra seca; mas, quando os egípcios tentaram fazê-lo, morreram afogados.

30 Pela fé caíram os muros de Jericó, depois de serem rodeados durante sete dias.


Quando lemos na Bíblia passagens como essa, tentamos nos transportar para as situações como se elas fossem apenas histórias contadas de um passado remoto. Sim, são de um passado remoto, mas em que aspectos elas se assemelham às nossas situações do dia a dia? Coisas assim podem acontecer hoje, diante de nossos olhos? Muralhas podem cair? Mares podem secar-se?

Se refletirmos em tudo o que acontece em nossas vidas e que, muitas vezes, não lhes damos o devido valor, perceberemos que muralhas caem, sim, e que mares se secam também, para "podermos passar" em segurança.

Mas qual é o conceito subjacente a tudo isso? A fé em Deus é algo que não pode ser explicado, mas a Bíblia diz que nós recebemos de acordo com a fé que temos. Moisés, mesmo tendo sido considerado príncipe, por ser filho adotivo da filha do rei, pela fé, renunciou a essa glória, a toda a sua riqueza e poder, e deixou o Egito, sem temer as consequências que certamente adviriam. Por que? Porque ele "viu o invisível".

Senhor, que nós possamos ver o invisível.

voltar para a página principal

© Klaus de Geus
website patrocinado por MPS Informática.